Almir Martins lança livro contanto a história de Imbituba

 

O advogado Almir Martins lançará em agosto um novo livro sobre a história de Imbituba. Almir que além de advogado também é poeta, cantor, diácono e escritor levou quarenta anos para concluir o livro que conta com uma série de pesquisas, entrevistas, documentos e informações inéditas sobre a história do município.

“Durante 40 anos pesquisei a história de Imbituba, fiz viagens para o exterior e realizei uma série de entrevistas com pessoas que conhecem a fundo a história do município”, destaca Almir. Uma desta entrevistas é com o já falecido Manoel Amaro Perfeito, neto de escravos que relatou como era feita a compra e venda de escravos na região.

 

Almir realizou uma grande pesquisa sobre o nome de Imbituba onde alguns diem que vem das marés altas, outros do vento. “Outros que veio de Imbé, cipó abundante na região. Também já se chamou Henrique Lage, Baía de Don Rodrigo e Terras de Santana na época das capitanias hereditárias”, comenta o escritor. Almir fala em seu livro sobre os índios carijós que viviam na região, caça à baleia franca, folclore, cultura açoriana, nascimento, vida e morte da Cerâmica de Imbituba e também falou sobre a história de Henrique Lage com informações inéditas.

O advogado viajou à Portugal e Espanha onde acompanhou as Santas Festas Ibéricas do Divino e visitou museus em Lisboa e o Museu Imperial que continha documentos sobre a colonização açoriana na região de Imbituba. “Também fiz um apanhado das figuras públicas que hoje fazem a história do município, como Manoel de Oliveira Martins e Fernando Carvalho “Paraíba””, destaca.

O escritor começou sua carreira em 1975, em São Paulo. Quando morou lá, participava de grupos de escritores e poetas alternativos na Praça da República. “Eu estudei e trabalhei no Centro de São Paulo em frente do Teatro Municipal, e aproveitava os momentos de folga pra participar das feiras livre declamando os poemas na praça. Ali começou a minha literatura, e quando vim para Imbituba, eu comecei a escrever meus poemas e em 1978 eu lanço meu primeiro livro de poemas “Quem é Você?”, minha estreia na literatura catarinense”, conta Almir que na época teve que vender um Fusca para poder lançar seu livro.

Com 570 páginas, o livro conta a história de Imbituba de 1502 até os dias atuais e já pode ser encontrado à venda com o próprio escritor. O lançamento oficial será no dia 11 de agosto às 20 horas na OAB, durante o aniversário da Subseção da Academia de Letras de Imbituba que completa 11 anos de inauguração. “Estou muito contente porque o livro já é um sucesso antes de ser lançado”, comenta Almir.

Comentários